O caminho sobre rodas do Rock in Rio Lisboa

Na sétima edição do Rock in Rio Lisboa, as necessidades especiais não foram esquecidas e a organização voltou a aliar-se à Santa Casa da Misericórdia ao pensar nos festivaleiros que sofrem de mobilidade reduzida. 

Em dias de festival, é complicado acompanhar o ritmo e os caminhos de sobe e desce no Parque da Bela Vista como um festivaleiro nas suas plenas capacidades. Mas é ainda mais difícil para pessoas que sofrem de mobilidade reduzida, estejam elas de canadianas, muletas ou mesmo cadeiras de rodas. "As subidas e descidas são o nosso maior obstáculo. Se não viermos com uma cadeira elétrica, é mesmo muito mais complicado", comentava um dos festivaleiros. No entanto, também existe quem esteja deveras impressionado com todas as condições disponíveis, com todas as "acessibilidades, estacionamento privativo e a organização".

Desde crianças a adultos (onde houve até quem tivesse tido a sua primeira experiência no arranque do Rock in Rio no Brasil em 1985 e tenha regressado 31 anos depois para esta edição do Rock in Rio Lisboa, mas desta vez em cadeira de rodas), muitos foram os casos de pessoas com quem pudemos falar e explorar este tema nos festivais, onde a boa disposição é algo que não lhes falta.

Os comentários à organização do Rock in Rio e, em especial, à Santa Casa da Misericórdia têm sido bastante positivas, conforme nos confidenciou Luna Marques, diretora da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. A única queixa tem sido a falta de espaço, embora a plataforma esteja ainda maior e mais perto do Palco Mundo nesta edição.

Além disso, o nível das cadeiras foi também tido em conta e a barreira da varanda de visualização passou a ser transparente de modo a facilitar a visão e permitir que se possa desfrutar em pleno de todos os espetáculos na Cidade do Rock. Novidades daqui para a frente? O caminho é sempre a subir, mas desta vez pela positiva.

Fotografia: Rita Sousa Vieira

Autor: Carina Sousa

Queres ser um

On The Hop?

Gostas de viajar, de música, concertos e
és super comunicativo?

Candidata-te aqui

Próximos Eventos

Sugerir eventos